DRE no Radar Contábil

RADAR CONTÁBIL


Veja em SWAY


DRE Demonstração do Resultado do Exercício e Demonstração do Resultado

Abrangente


Referenciando: Seção 5

PRONUNCIAMENTO TÉCNICO PME CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade – The International Financial Reporting Standard for Small and Medium-sized Entities (IFRS for SMEs)

Demonstração do Resultado e Demonstração do Resultado Abrangente

Em linha com seção 5 do CPC PME temos as informações demandas em DRE e DRA.

(...)


Dentro dessa abordagem de duas demonstrações, a demonstração do resultado do exercício deve apresentar, no mínimo, e obedecendo à legislação vigente, as contas a seguir enunciadas que apresentem valores, com o lucro líquido ou prejuízo como última linha.

(a) receitas;

(b) custo dos produtos, das mercadorias ou dos serviços vendidos;

(c) lucro bruto;

(d) despesas com vendas, gerais, administrativas e outras despesas e receitas operacionais;

(e) parcela do resultado de investimento em coligadas (ver Seção 14 – Investimento em Controlada e em Coligada) e empreendimentos controlados em conjunto (ver Seção 15 – Investimento em Empreendimento Controlado em Conjunto (Joint Venture)), contabilizada pelo método de equivalência patrimonial.

(f) resultado antes das receitas e despesas financeiras;

(g) despesas e receitas financeiras;

(h) resultado antes dos tributos sobre o lucro;

(i) despesa com tributos sobre o lucro excluindo o tributo alocado nos itens (k) deste item e (a) e (b) do item 5.7 A (ver item 29.35);

(j) resultado líquido das operações continuadas;

(k) valor líquido dos seguintes itens:

- (i) resultado líquido após tributos das operações descontinuadas;

- (ii) resultado após os tributos atribuíveis à redução ao valor recuperável, ou reversão de redução ao valor recuperável, dos ativos na operação descontinuada (ver Seção 27 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos), tanto na época em que forem classificados como operação descontinuada quanto depois, e à alienação dos ativos líquidos que consistem na operação descontinuada. (Alterado pela Revisão CPC 11)

(...)

No Radar Contábil > Arquivos > Propriedades > Relatórios > aba Resultados

NOTA: A construção da DRE baseia-se no plano de contas MAISWK. Ajustes, adaptações e adições devem ser realizados com base nas orientações do pronunciamento CPC PME (sem prejuízo a outros pronunciamentos citados na referida norma).


Para Cada linha instruções alinhadas as citações da seção 5 – CPC PME


PLANO DE CONTAS:

Ressalta-se que a estrutura de classificação de contas de resultado (que é por totalização de contas) por sua vez segregadas por natureza em seus grupos, é classificada no fato, por função. Cabe ao Contador análise paa a composição da DRE nos moldes deste pronunciamento.

Para efeito gráfico observe as marcações e opções:


(a) receitas;



(b) custo dos produtos, das mercadorias ou dos serviços vendidos;



O mesmo para as linhas de impostos incidentes e descontos operacionais.

(c) lucro bruto;

Linha totalizadora.



(d) despesas com vendas, gerais, administrativas e outras despesas e receitas operacionais;


NOTA: Na primeira (Despesas com Pessoal) marque opção “Deixar linha em branco antes desta conta”.


Para as despesas do grupo “(d) despesas com vendas, gerais, administrativas e outras despesas e receitas operacionais;“ em diante deixe as configurações como “ocupação”.


NOTA: Segregue grupo em Resultado para: (e) parcela do resultado de investimento em coligadas (ver Seção 14 – Investimento em Controlada e em Coligada) e empreendimentos controlados em conjunto (ver Seção 15 – Investimento em Empreendimento Controlado em Conjunto (Joint Venture)), contabilizada pelo método de equivalência patrimonial.



(f) resultado antes das receitas e despesas financeiras;

Conta Totalizadora



(g) despesas e receitas financeiras;

NOTA: Se itens de classificação de resultado possuírem contas que percebam classificação referente ao itens (e), ajuste a demonstração.



(h) resultado antes dos tributos sobre o lucro;

Conta Totalizadora



(i) despesa com tributos sobre o lucro excluindo o tributo alocado nos itens (k) deste item e (a) e (b) do item 5.7 A (ver item 29.35);

NOTA: Aloque as contas de tributos de IRPJ e CLS (presumido) para este grupo de modo a segregá-las. Deve ser feito apenas ajustando a classificação do plano de contas.



Mensagens:

Configure as mensagens para:



IMPORTANTE: Para gerar a DRE com base nas configurações acima de estar como nenhum a seleção de “Plano Alternativo”.



Geração do Relatório:

Para gerar a DRE acesse Radar Contábil > Relatórios > Contábeis > DRE – Demonstração de Resultado:



As informações necessárias são apenas a descrição e períodos, (para resguardo da comparação).


NOTA: Não recomendo inclusão de informações irrelevantes que podem trazer questionamentos desnecessários e poluírem a demonstração. É prática apropriada não alocar informações técnicas (estranhas aos usuários) como tipo e classificação que nada agregar e colaboram para análise que se prestam.




Imagem do Relatório:



Alex Mantovanni

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo