Quem não é visto, não é lembrado 3! (Aspectos Contábeis)


Aspectos Contábeis


Neste artigo apresento cuidados quando se trata de organizar feiras e eventos.

Vamos falar de patrocínio para feitas e eventos.


Veja completo em Sway


Patrocínio se trata de transferência de recurso. Considerando que não haverá receita (prestação de serviço), o valor transferido pelos patrocinadores será empenhado exclusivamente no evento definido em contrato. Deve então, o organizador elaborar um papel de trabalho de controle financeiro por evento.

Este papel de trabalho deverá conter ao menos:

Data Emissão – N. Doc. – Valor.

Consideração:

As custas em geral com o eventos desde sua concepção, organização, manutenção e fechamento/conclusão devem ser registradas em papel de trabalho de controle financeiro. Os controles devem ser independentes. O registros dos custos e valores empenhados devem ser registrados sem abatimento do patrocínio neste papel de trabalho. São independentes.

O controle e clareza deste papel de trabalho é fundamental para prestação de contas e posterior rateio.

**** NOTA: A dinâmica da contabilização exposta visa a interdependência dos fatos contábeis. Os momentos da captação do patrocínio, rateios das custas, prestação de contas e compensação são diferentes e este controle respeita isso

Contabilmente temos:


Pelo Recebimento do Recurso

D – Banco c/ Movimento (Ativo Circulante)

C – Patrocínio Repassados (Passivo Circulante)

Valor repassado do contrato de patrocínio.


Pelo registro dos gastos com a feira e controlados em papel de trabalho.

D – Eventos em Andamento (Ativo Circulante)

C – Banco c/ Movimento, ou Fornecedores.

Valores empenhados no evento como despesas, contratações e impostos.


Pela compensação da verba patrocinada.

D – Patrocínio Repassados (Passivo Circulante)

C – Eventos em Andamento (Ativo Circulante)

Valor da compensação da verba patrocinada.


*** Nota: Se sobrar saldo da verba repassada (não gastou tudo) devolver após rateio ou prever em contrato a destinação para caridade baseado em grandeza de valores. Em nenhuma hipótese deve ser tratado como receita. O lançamento contábil é:


D – Patrocínio Repassados (Passivo Circulante)

C – Banco c/ Movimento (Ativo Circulante)

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo